Facebook

Marílson entra para o Hall da Fama da Maratona de Nova York – Ativo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Um dos principais fundistas da história do Brasil teve sua trajetória reconhecida na Maratona de Nova York. Bicampeão da prova, Marílson Gomes dos Santos entrou no Hall da Fama do evento, considerado a maior maratona do mundo, em cerimônia realizada na noite desta quinta-feira.

Campeão em Nova York em 206 e 2008, Marílson foi o primeiro sul-americano a subir ao lugar mais alto do pódio da prova. Com cinco participações olímpicas no currículo, incluindo o quinto lugar nas Olimpíadas de Londres 2012, o brasiliense também ostenta três títulos da Corrida Internacional de São Silvestre, cinco medalhas dos Jogos Pan-Americanos e os recorde sul-americanos dos 5.000 m e dos 10.000 m.

“Estou muito feliz de receber esse prêmio e entrar para o Hall da Fama da Maratona da Nova York, uma homenagem grandiosa. Tive a oportunidade de ganhar essa maratona duas vezes, é uma das maiores do mundo, e estou muito feliz, é como se eu tivesse ganho pela terceira vez. Realmente estou muito feliz de entrar nesse seleto grupo de atletas que são homenageados no Hall da Fama”, comemorou Marílson.

Com dois títulos, o brasileiro é o terceiro corredor masculino com mais conquistas na Maratona de Nova York, ao lado de outros seis atletas. À frente dele, estão apenas os norte-americanos Alberto Salazar, dono de três ouros, e Bill Rodgers, recordista com quatro títulos.

Além de Marílson Gomes dos Santos, a cerimônia desta quinta-feira oficializou a entrada de outros dois atletas no Hall da Fama da Maratona de Nova York: o norte-americano Meb Keflezighi, vencedor da prova em 2009, vice em 2004 e terceiro em 2005 ,medalhista de prata na maratona das Olimpíadas de Atenas 2004 e campeão da Maratona de Boston em 2014; e a norueguesa Ingrid Kristiansen, recordista mundial da maratona por 13 anos, e campeã de Nova York em 1989, da Maratona de Londres em 1984, 1985 e 1988, da Maratona de Boston em 1986 e 1989 e da Maratona de Chicago em 1986.

A ex-presidente e CEO da New York Road Runners, organizadora da Maratona de Nova York, Mary Wittenberg, também entrou no Hall da Fama.

Considerada uma das maiores provas do mundo, a Maratona de Nova York terá sua 49ª edição neste domingo, 3 de novembro, e reunirá 50 mil corredores.

Leia mais

Vai correr a maratona de Nova York? Saiba tudo sobre a prova

Pace “light”, vinho e feijoada: a vida de Marílson após a aposentadoria

Maratona de NY 2019: as edições especiais de tênis da prova

Fonte Oficial: Ativo.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal Corrida.

Comentários

Compartilhar:

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!