Facebook

Kosgei faz 21k em 1h04min28s, mas fica sem recorde mundial por causa do percurso – Ativo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A queniana Brigid Kosgei registrou o tempo mais rápido da história para uma mulher em uma meia-maratona. A atleta africana venceu a Great North Run, em Newcastle, no Reino Unido, com a marca de 1h04min28s.

O tempo é 23 segundos mais rápido do que o recorde mundial de sua compatriota Joyciline Jepkosgei, que venceu a meia-maratona de Valência em 2017 com 1h04min51s.

A marca deste domingo (pace de 3min03s/km) não vale como novo recorde mundial, no entanto, porque o percurso da Great North Run tem mais descidas do que o permitido pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para a validação de recordes.

Kosgei venceu a prova na Inglaterra com Magdalyne Masai, na segunda colocação com 1h07min26s, e Linet Masai na terceira colocação.

Entre os homens, pela sexta vez consecutiva, Mo Farah foi o vencedor, concluindo a prova em 59m06s.

Leia mais

Placa de carbono nos tênis de competição: futuro certo ou incerto?

Joanete atrapalha o treino, mas pode ser tratado

Viena realiza testes para o desafio sub-2h de Kipchoge

Fonte Oficial: Ativo.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal Corrida.

Comentários

Compartilhar:

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!