Facebook

Dicas essenciais para os corredores-viajantes – Ativo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Viajar para correr provas ao redor do mundo é um hábito cada vez mais comum entre os atletas brasileiros. Tanto que já existe até um termo para definir essa ação: maraturismo. E quem vai se aventurar nesta modalidade de viagem, unindo esporte e lazer, pode melhorar a experiência e evitar perrengues tendo em mente algumas atitudes e cuidados, desde a hora da compra da passagem e a inscrição até o embarque.

Dicas para corredores-viajantes

Tênis e roupa na mala de mão

Um erro comum entre maraturistas de primeira viagem é colocar os tênis e a roupa da prova na bagagem despachada. Parece mais fácil, mas pode se tornar um desastre em caso do extravio de bagagem.
A solução é levar na bagagem de mão o tênis e os principais equipamentos da prova, garantindo, assim, que você os tenha à mão para correr de forma confortável e segura a prova que tanto sonhou, mesmo que haja problemas com suas malas.

Assentos Especiais

A escolha dos assentos do avião pode ajudar bastante a deixar a viagem mais confortável. Se puder, opte por classes de passagens em que as poltronas são maiores e têm mais espaço para as pernas. Especialmente em viagens longas, este tipo de recurso ajuda o atleta a chegar à cidade da prova menos cansado e sem dores nas pernas.

Escolha do aeroporto

Principalmente para quem viaja em cima da hora da prova, a escolha do aeroporto na cidade pode influenciar muito no descanso pré-prova. Em grandes cidades, algumas companhias voam por aeroportos que ficam longe do centro urbano, adicionando mais tempo de deslocamento e desgaste a uma já longa viagem. Em Nova York, por exemplo, o aeroporto de Newark é o que tem acesso mais rápido ao centro de Manhattan, em vez do JFK, mais famoso.

Meias de compressão

Muitos atletas usam meias de compressão para melhorar a sensação de conforto durante a prova. Mas o acessório pode te ajudar a chegar com as pernas mais descansadas também à cidade em que você fará a corrida.
Usá-las durante o voo vai facilitar a circulação sanguínea na região e, consequentemente, diminuir o desconforto causado pelas longas horas dentro do avião.

Local do hotel

Pesquisar onde a prova começa e onde ela acaba também é importante, não apenas para ajustar o treinamento, mas para escolher onde ficar na cidade.

A maioria dos atletas que faz isso, opta por hotéis que ficam próximos à largada, facilitando o deslocamento e diminuindo a chance de problemas no pré-prova.

Leia mais

Vai correr a maratona de Nova York? Saiba tudo sobre a prova

Maraturismo: como a corrida de rua impulsionou o turismo no Brasil e no mundo

A importância de respeitar a cultura local em uma viagem

Fonte Oficial: Ativo.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal Corrida.

Comentários

Compartilhar:

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!