Facebook

Brasil mantém hegemonia no Sul-Americano Sub-20 de Cáli – Gazeta Esportiva

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O Brasil manteve a sua hegemonia na 43ª edição do Campeonato Sul-Americano Sub-20 de Atletismo, encerrado na noite deste domingo (16/6), no Estádio Pedro Grajales, na cidade de Cáli, na Colômbia. A equipe foi campeã na classificação masculina, feminina e geral. Na última etapa da competição, o Brasil ganhou mais 12 medalhas (cinco de ouro, cinco de prata e duas de bronze). No geral, a equipe terminou com 40 medalhas nos dois dias de evento, com 19 ouros, 15 pratas e 6 bronzes.

No masculino, a delegação somou 212 pontos, seguida da Colômbia, com 135, e da Argentina, com 74. No feminino, numa disputa mais apertada, as brasileiras venceram com 184 pontos, contra 163 das colombianas. As chilenas ficaram em terceiro, com 77. Na classificação geral, o Brasil somou 396 pontos, superando mais uma vez a Colômbia, o principal adversário do continente, que totalizou 298 pontos.

(Foto: Divulgação/CBAT)

No salto triplo feminino, o Brasil conseguiu dobradinha, com vitória de Maria Vitória Queiroz, com 12,81 m (0.1), seguida de Nerisnelia dos Santos Sousa, com 12,75 m (-0.1).

Nos 400 m com barreiras, Caio de Almeida Teixeira confirmou o favoritismo e venceu com 51.05. Outras medalhas de ouro foram conquistada por Jonathan da Silva, no decatlo, com 6.561 pontos, e pelos revezamentos 4×400 m feminino (3:37.24) e masculino (3:09.37).

Nos 400 m com barreiras, categoria feminina, Jéssica Vitória Moreira ficou em segundo lugar, com 57.28, seguida de Chayenne Pereira da Silva, com 57.85. A campeã foi a colombiana Valeria Cabezas Caracas, com 57.28.

Medalhas de prata foram conquistadas no lançamento do disco, com Rafaela Cristina da Silva, com 47,68 m, no salto em distância com Adrian Henrique Vieira, com 7,23 m (1.4) e no heptatlo, com Juliana Estevão Oliveira, com 4.937 pontos. Paloma Dias Cardoso ficou com a medalha de bronze, com 4.861.

O Brasil participou do Sul-Americano com uma equipe de 47 atletas – 22 homens e 25 mulheres – graças a recursos do Programa de Apoio às Seleções Brasileiras da Caixa, a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.

Fonte Oficial: Gazeta Esportiva.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal Corrida.

Comentários

Compartilhar:

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!