Facebook

5 dicas para proteger a pele durante a corrida – Ativo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Com a iminente chegada do verão, cresce o número de pessoas que aproveitam a melhora no clima para treinar ao ar livre. Mas essa mudança de comportamento, ao deixar a esteira e partir para os parques, ruas e praias, precisa ser acompanhada de alguns cuidados, já que nesta época do ano aumenta a incidência solar, que em excesso pode ser nociva à pele.

O sol traz diversos benefícios a saúde, como auxiliar na absorção da vitamina D, mas também produz radiações nocivas como as ultravioletas UVA e UVB.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), 6.260 novos casos de câncer de pele melanoma, tipo mais grave, surgiram no Brasil em 2018. O câncer não melanoma, mais frequente no país, mas com índice menor de mortalidade, apresenta uma estimativa de 165.580 mil novos casos anuais.

5 dicas para proteger a pele durante a corrida

Use protetor solar

Independentemente do horário da sua corrida o uso do protetor solar é essencial para proteção de sua pele. Há dois tipos de filtro solar, o químico e o físico. O químico deve ser utilizado 15 minutos antes da exposição solar, para que ele seja absorvido pela pele.

O físico não necessita de tempo de absorção para fazer efeito. Ou seja, sua utilização pode ser feita no mesmo momento que você estiver em exposição ao sol. É importante sempre usar protetores com grande resistência a água por conta do suor.

“Ele é o produto mais importante para a rotina de skincare – cuidado da pele -, já que é cientificamente comprovado que o filtro consegue diminuir a incidência de câncer e do envelhecimento da pele,” conta o Dr. Alberto Cordeiro, dermatologista especialista em laser, cosmiatria e tricologia.

“Quando falamos em raios de sol estamos falando de radiação ultravioleta. Quando falamos de luz ambiente, ou seja para uma corrida na academia, estamos falando de luz visível, que é capaz de manchar a pele e quebrar o colágeno e elastina promovendo o seu envelhecimento. Porém, ela não faz uma modificação do DNA da célula da pele, ou seja, ela não causa o câncer de pele. Já o raio solar, além do envelhecimento e das manchas, pode provocar o aparecimento da doença”, completa o dermatologista.

Leia mais

Hidratar a pele reduz chance de doenças da exposição a cloro e sol

Cuidados nutricionais pós-maratona

Cuidados para sua primeira prova de corrida

Proteja-se com vestuário e acessórios

Para quem corre de dia, boné e viseira são ótimas forma de proteger o rosto do sol, da chuva, e de impedir que o suor escorra. Mas a proteção pode ir além, com peças de roupa e acessórios desenhados para auxiliar na proteção solar com tecidos anti-UVB e anti-UVA.

“Esses tecidos são especialmente selecionados e recebem tratamento especial, garantindo o bloqueio de mais de 98% da radiação solar. Alguns tecidos levam em sua composição fios à base de dióxido de titânio, que proporcionam maior proteção contra a radiação ultravioleta. Os produtos anti-UVB e anti -UVA são uma alternativa à proteção solar na forma de vestuário e acessórios como bonés, viseiras e luvas reforçam a proteção solar,” conta a dermatologista Dra. Laís Leonor, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Adapte os horários

Outro ponto importante é sempre adaptar a rotina de cuidados com as estações do ano na prática de exercícios físicos. Por conta da baixa umidade relativa do ar, no inverno há uma maior desidratação da pele, fazendo com que ela resseque.

Já no verão, ela tende a desidratar por conta das altas temperaturas. É imprescindível a hidratação antes, durante e após a corrida, por meio de hidratantes e pelo consumo alto de água.

“A pele tende a ficar um pouco mais oleosa no verão o que faz com que as pessoas acabem esquecendo alguns passos como, por exemplo, a hidratação da pele. Nesta estação, a pele pede produtos mais leves, à base de sérum ou loções. O indicado é evitar cremes porque podem pesar um pouco na pele, e utilizar apenas produtos que não sejam oleosos e comedogênicos – que facilitam aparição de cravos e espinhas -,” explica o Dr. Alberto Cordeiro.

Mantenha a pele limpa 

Para garantir a saúde da pele o ideal é mantê-la sempre limpa, principalmente depois de correr para eliminar as impurezas que nosso corpo produz através do suor.

“Após a atividade física é interessante borrifar a água termal que pode ajudar a inibir coceiras e irritações, além de hidratantes adequados para cada tipo de pele para mantê-la sempre hidratada e macia,” aconselha a Dra. Laís Leonor.

“Os filtros para esporte costumam ser mais oleosos, já que devem ter boa aderência na pele e a retirada somente com sabonete é sempre ineficaz, propiciando o surgimento de acne. O ideal é retirar com demaquilante e, em seguida, lavar com sabonete adequado,” completa.

Use produtos com antioxidante

O uso de um bom antioxidante é aliado na busca pela saúde da pele, pois ele tem a função principal de criar uma barreira contra a poluição.

“O uso de antioxidantes como a vitamina C ajuda a potencializar o efeito do protetor solar, minimizando os danos causados pelos raios ultravioletas, como as manchas e as rugas. O ideal é aplicar o antioxidante sempre antes do protetor solar para manter sua pele ainda mais protegida durante os exercícios físicos. Eles combatem os radicais livres, responsáveis pela oxidação das células, processo que resulta nos sinais da idade, como as rugas,” explica a dermatologista Laís Leonor.

Fontes:
Dr. Alberto Cordeiro dermatologista especialista em laser, cosmiatria e tricologia à frente da Horaios Estética.

Dra. Laís Leonor dermatologista na clínica Dr. André Braz, pós graduada em laser e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

INCA – Instituto Nacional de Câncer.

Fonte Oficial: Ativo.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal Corrida.

Comentários

Compartilhar:

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!